Um Beijo

quarta-feira, 16 de novembro de 2011



                Os melhores beijos acontecem quando você menos espera. Quando você sente atração por uma pessoa à primeira coisa que você pensa, é como será beija-la a primeira vez, cria expectativas, fica imaginando varias situações em sua cabeça.

                Mas dessa vez foi diferente, não criei expectativas, não fiquei imaginando situações, apenas deixei as coisas acontecerem naturalmente, acho que essa foi a magica de tudo.

                Estávamos na pista de dança ao som de uma banda indie rock que eu nem sabia o nome, eu sinceramente nunca gostei muito desse estilo de rock, e nunca me imaginei dançando rock, mas algumas bandas neste estilo, ligada a um bom amplificador faz você sentir vontade de dançar, dançamos e nos divertimos muito, à noite me parecia que a cada momento seria memorável.

                Foi quando ela virou de costas para mim, e eu a abracei, fiquei ali curtindo aquele abraço maravilhoso, e lentamente fui movimentando o meu rosto sobre o seu ombro até chegar a seu pescoço, levemente beijei o seu rosto, e passeei com meus lábios até chegar próximo ao seu ouvido, e com uma leve mordida em sua orelha, ela se virou de frente pra mim, toda charmosa com aquele olhar penetrante, passei minha mão pela sua cintura e puxei seu corpo junto ao meu, sorri para ela, me aproximei e a beijei.

                Um Beijo Maravilhoso, do qual eu nunca havia sentido imenso prazer em receber, sabe quando você encaixa uma peça de lego tão perfeitamente, e era justamente esta peça que faltava para você terminar o seu castelo? Senti-me completo, extasiado, foi tão bom que parecia um sonho, um sonho realizado ali mesmo naquela pista de dança, com uma garota maravilhosa. Aquela noite parecia que nunca ia acabar.

6 comentários:

Anne =) disse...

' Não poderia ter descrito melhor o momento. s2

Liih Souza disse...

Que declaração hein! Sorte e coragem pra você!!! Beijos sublimes e iluminados, esse é o nome que dou pra tudo isso!

Cecília Romeu disse...

Oi Junior,
muito bem descrito, dá para "ver" a cena.
Muito bom, parabéns!
Abração!

Victor Von Serran disse...

Cade..o texto novo..?

Laís Sandrigo disse...

Que delícia de descrição...

Devaneios disse...

O texto me trouxe de volta o arrepio da adolescência, do primeiro beijo.. boa descrição!